Colunistas

16/12/2016 20:06 - Atualizado em 16/12/2016 20:06
Neste Natal seja o seu melhor presente
Marlene Lamarco

As festas de final de ano atuam de maneira muito diversa no coração das pessoas. Algumas entram num clima de festa enlouquecedor, agenda cheia de providências, lista de presentes, ceias, almoços... e os dias ficam cheios e a paciência vai diminuindo.

Outros ficam tristes por não estar conseguindo viver a vida que sonharam e, nesse momento de celebração, os dias ficam vazios e a nostalgia cresce.

Tem ainda os felizardos, aqueles que desfrutam de todos os momentos com uma alegria serena e o coração repleto do verdadeiro espírito do Natal, o amor a si mesmo e ao próximo. Viva!

Tem também os que fingem que nada está acontecendo. Agem como se o Natal não existisse e argumentam, racionalmente, o mercantilismo que o envolve e o fato de ser uma data como outra qualquer. A rotina não se altera e a celebração não acontece...

Só existe Natal onde o comemoram... e celebrar é uma escolha que pode enriquecer os nossos dias tornando-os ainda mais especiais. Porém, a indiferença, o alto grau de exigência, as críticas e os julgamentos aflorados nesses momentos podem acabar com a festa antes mesmo de ela acontecer.

A carga de expectativas que geramos vai ficando tão grande que aquilo que poderia ser uma alegria se transforma em fardo. Cansa. O investimento não é proporcional ao retorno. Melhor não pensar, melhor não achar mais uma providência para cuidar, melhor não viver...

O corre-corre das providências vence a magia da vida.

É hora de fazer um balanço de vida. Faça uma lista de coisas que gosta de fazer e outra de coisas que não gosta. Feito isso, descubra quantas horas do dia você dispensa na primeira lista e quantas na segunda. O resultado pode ser surpreendente...

Como você está desfrutando deste tempo que é a sua vida?

Por essa analogia você pode descobrir por onde escapam as suas alegrias e prazeres. Descoberto isso, comece tudo de novo. Ouça o seu coração e eleja você a maior prioridade da sua lista e crie situações amorosas e prazerosas para você mesmo. Pequenos deleites, pequenos carinhos, momentos de exaltação, alegria, amor e a disponibilidade para ouvir os seus desejos internos. Tenha compaixão por você mesmo. Isso mesmo, compaixão. Agora é a sua vez!

A felicidade é uma escolha e quando ela não acontece, a vida se transforma num sobreviver sem graça e sem encantamento. O grande amor da vida está dentro de nós, e, somente quando o encontramos dentro, podemos encontrá-lo fora, no mundo.

Neste Natal, seja o seu Papai Noel!

Coloque os mais ricos presentes em sua árvore: tempo... muito tempo para os pequenos desvelos de amor com o espírito e com o corpo,  uma dança cheia de alegria e esperança, regida pela paz de um coração apaixonado e consciente de seu poder.

Viva a vida de tal forma que, neste Natal, VOCÊ se transforme no seu melhor presente!

Marlene Damico Lamarco é Pedagoga e Fundadora da Oficina Holística Arco Íris, uma Ong que se dedicou por 16 anos  ao equilíbrio e desenvolvimento humano, através dos inúmeros caminhos do autoconhecimento. Também atuou durante 25 anos como executiva na área de marketing do varejo. Dedica-se há mais de 25 anos ao estudo e prática de ciências esotéricas, meditação, psicologia e xamanismo.

Ponto de Equilíbrio
com Marlene Lamarco
Comentários