Colunistas

13/10/2016 21:39 - Atualizado em 13/10/2016 21:39
Outubro Esporte Rosa
Claudio Mortari Jr.

Neste mês de outubro é muito comum nos depararmos com o rosa e isso se reflete no esporte. Cada ano vem aumentando a adesão ao movimento mundial "Outubro Rosa", que visa chamar atenção, diretamente, para a realidade atual do câncer de mama e a importância do diagnóstico precoce. O importante é, na realidade, focar este sério assunto nos 12 meses do ano, já que a doença é implacável e se faz presente não só no mês de outubro. No entanto, este mês é representativo para a causa, tornando-se especial e destacado dos demais.

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. Sua história remonta à última década do século 20, quando o laço rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova Iorque em 1990 e, desde então, promovida anualmente na cidade.

Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi, nos Estados Unidos, começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas à prevenção do câncer de mama, denominando como Outubro Rosa. Todas as ações eram e são até hoje direcionadas à conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce. Para sensibilizar a população, inicialmente as cidades se enfeitavam com os laços rosas, principalmente nos locais públicos, depois surgiram outras ações como corridas, desfile de modas com sobreviventes (de câncer de mama), partidas de boliche, etc.

A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes e teatros surgiu posteriormente e não há uma informação oficial de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação. O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente. 

A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos em torno de tão nobre causa. Isso faz que a iluminação em rosa assuma importante papel, pois se tornou uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo.

Todas as ligas esportivas aderem à campanha neste mês, seja utilizando uniforme rosa ou em comerciais alertando sobre o diagnóstico precoce ou até mesmo realizando os exames. É o caso, por exemplo, da equipe Corinthians Americana de Basquete Feminino.

Após o título do Campeonato Paulista de Basquete Feminino, as jogadoras do Corinthians/Americana foram até a Arena a convite do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, para uma visita a campanha que está sendo realizada no local contra o câncer de mama "Corinthians é preto e branco, Outubro Rosa".

Ricardo Molina Dias, presidente do Grupo Clarian, que gerencia o basquete feminino do clube alvinegro, recebeu contatos da assessoria de Alckmin e de pronto aceitou ajudar na causa junto com as jogadoras multicampeãs, servindo de representação a todas as outras mulheres que enfrentam o problema. Gil Justino, Isa Sangalli, Meli Gretter e Oyanaisy Gelis eram as corintianas presentes.

No Bauru Basket, essa campanha é sempre bem vinda pelos atletas. Neste mês, em todos os jogos realizados, os atletas utilizam uniforme rosa.

Na NFL o Outubro Rosa está presente nos materiais esportivos utilizados pelos atletas, além de ter destaque na liga com a logo marca inserida em tudo.

Já no futebol.... Abaixo algumas histórias interessantes.

 

Palermo e o rosa assumido

Criado em 1900, o time italiano é conhecido como o mais antigo a ter o rosa como sua cor principal. Seu uniforme é tão tradicional que acaba não sendo alvo de brincadeiras.

 

Campanha do Deportivo Táchira acaba mal

Foi um dos maiores casos de intolerância contra a cor rosa, mesmo que por uma boa causa. Em 2012, o Deportivo Táchira entrou em campo com um uniforme apoiando a campanha, mas a torcida, revoltada, invadiu o gramado e, após 40 minutos de confusão, a partida foi suspensa. Alguns torcedores argumentaram que o motivo da revolta não era o rosa em si, mas a semelhança com o uniforme do rival Caracas FC.

 

Boca Juniors é impedido de usar rosa

Em 2013, o Boca tentou emplacar uma camisa rosa. No entanto, a AFA, confederação de futebol da Argentina, proibiu o uso do uniforme e a torcida xeneize não gostou nada da ideia. No fim das contas, ela foi usada pelas equipes de base do time argentino, como visto na foto abaixo.

 

Botafogo pensando nas mulheres

O clube carioca também lançou versões em rosa de seu tradicional uniforme. No entanto, o motivo difere dos outros casos: não foi nem pelo Outubro Rosa, nem para relembrar uma parte de sua história, mas para alcançar o público feminino.

 

Real Madrid multicolorido

Adepto do uso de diferentes cores em seu terceiro uniforme, o Real Madrid não teve vergonha de adotar o rosa na temporada 2014-2015.


Corinthians, a campanha e o boato

No começo do mês de setembro deste ano, circulou na internet um boato de que o Corinthians usaria um uniforme rosa para endossar a campanha, o que fez o clube receber diversas mensagens de protesto. A diretoria corintiana disse que participaria do Outubro Rosa, mas não colocando a cor em todo o seu uniforme. No site www.lacasaca.com rolou até uma imagem mostrando como ficaria o manto do Timão todo rosado.


Juventus, a Velha Senhora rosa

A Juve, apesar de ter adotado o branco e o preto há muito tempo, teve, no começo de sua história, mais especificamente entre 1897 e 1905, o rosa e o preto como cores oficiais. Para relembrar esse momento, a partir da década de 1990 o clube passou a resgatar eventualmente a cor rosa em uniformes alternativos, atitude repetida nesta temporada.

Curiosidades a parte, o importante é a divulgação capaz de mobilizar milhares de pessoas e, principalmente, chamar a atenção sobre o diagnóstico precoce. Caminhada, corrida, carreta móvel, celebridades divulgando. Enfim, vamos todos apoiar esta campanha linda.

Abraço a todos e até a próxima!!!

Claudio Mortari Jr. é profissional de Educação Física especialista em Treinamento Desportivo, Gestão Estratégica de Negócios e Marketing. Atuante na área de Gestão Esportiva, organização de eventos e competições esportivas. Contato: mortarijr@terra.com.br

O Mundo do Esporte
com Claudio Mortari Jr.
Comentários