Colunistas

30/06/2016 06:19 - Atualizado em 30/06/2016 06:19
Manda quem pode, obedece quem tem juízo! Será?
André Freire

Acostumamo-nos a pensar em liderança como algo somente factível por meio da autoridade no mercado corporativo. Nossa herança ibérica, somada com a história do nosso país de comando e controle político e social por muitas décadas, levou a uma realidade distorcida dentro das empresas, fazendo com que chefes fossem confundidos com líderes, exercendo seu poder por meio da autoridade do “manda quem pode, obedece quem tem juízo”.

Ocorre que as novas gerações pensam de forma muito diferente e enxergam liderança por meio de outro prisma. Liderança para aqueles que estão emergindo hoje no mercado de trabalho tem mais a ver com habilidade, influência e energia do que com autoridade.

Habilidade é a capacidade de ler o ambiente e manobrar de forma inteligente, mitigando as interferências que aparecem de todos os lados. Influência é o poder de persuasão por meio do exemplo e das virtudes. E energia é a liga que faz com que acreditemos em um futuro melhor. Líderes que conseguem trabalhar bem estas três competências sem dúvidas conseguirão o engajamento de suas equipes e criarão seguidores fiéis.

Sugiro aos gestores que ainda acreditam que conseguem “dominar” seus subordinados por meio do comando e controle, que iniciem uma rápida busca de emprego. Seus dias estão contados...

André Freire é Sócio-Diretor da consultoria de Executive Search e de Desenvolvimeto de Lideranças EXEC. Também é Conselheiro de Administração, Coach de empreendedores, executivos e jovens herdeiros, sócio do YPO – Young Presidents Organization e professor da FGV na cadeira de Gestão Estratégica de Pessoas. Mora em Alphaville há 31 anos.

Vida Corporativa Plena
com André Freire
Comentários